Os benefícios do Pilates já são conhecidos: desenvolve a flexibilidade, promove o aumento da mobilidade, o reforço das articulações, o aumento da força e alongamento muscular, além de melhorar a postura e diminuir as tensões. A tudo isto, acrescem os benefícios mentais que ajudam a aliviar o stress e a ansiedade.

E se pudesse realizar todos os movimentos do Pilates dentro da água? É o caso do Pilates aquático, também conhecido como Aqua Pilates, que consiste na execução dos exercícios baseados no método Pilates em meio aquático.  

Aqua Pilates: o perfeito equilíbrio corporal

Tal como no método original, o Aqua Pilates tem seu conceito baseado em princípios como a respiração, concentração, centro de força (power house), controlo, precisão e fluência do movimento.

O Pilates na água surgiu para que pessoas com dificuldades em realizar exercícios no solo pudessem realizá-los com segurança na piscina, dando a mesma resposta que o Pilates tradicional.

O ambiente aquático por si só já possibilita uma gama de sensações e benefícios, somente por estar imerso na água, tais como a melhora do fluxo sanguíneo, da respiração, da descompressão das articulações, oferece melhor mobilidade e melhora da dor. A água quente ainda proporciona relaxamento muscular, melhora o alongamento muscular e promove bem-estar.

As principais indicações médicas para essa técnica são: dores na coluna (hernia de disco, discopatias), melhora postural (escoliose, cifose, hipercifose, hiperlordose) problemas nos joelhos, ombros, lesões nos ossos e músculos, osteoporose, artrite, artrose, entre outras.

São muitos os motivos para praticar Pilates aquático: 

  • Contribui para a correção postural;
  • Alívio das dores corporais generalizadas;
  • Prevenção de lesões;
  • Aumento da amplitude de movimento; 
  • Otimização da capacidade respiratória qualificando, de um modo geral, a condição física;
  • Equilíbrio entre corpo e mente;
  • Aumento da concentração;
  • Alívio do stress;
  • Fortalecimento dos músculos do Core (centro), músculos estabilizadores na coluna vertebral.


Mesmo sendo uma modalidade adequada para todas as idades deve ser feita sob a orientação de um profissional qualificado. O método pode ser realizado como forma de reabilitação física apenas pelo profissional Fisioterapeuta que é habilitado para trabalhos com diagnósticos, avaliação e reabilitação física.

Gostaria de fazer uma aula experimental?
Entre em contacto connosco!
Lourosa 227 459 656 Fiães 227 459 651