O lanche é fundamental para manter uma alimentação saudável. Mas mais importante ainda é a sua composição. Há erros bastante comuns que muitas pessoas cometem e não se apercebem.

 

Atenção às quantidades

Lanchar sim, mas ter sempre atenção às quantidades! É muito tentador comer um pacote de frutos secos ou exagerar nas peças de fruta que consome. Por isso mesmo, o ideal é fazer combinações para não extrapolar e se já sabe que vai lanchar fora de casa, por exemplo no trabalho, procure levar apenas o necessário.

Lanches que não satisfazem

Se há uma coisa que não tem de fazer é comer alguma coisa que não gosta ou até comer pouco só porque está a perder peso e tem medo de engordar. Isso pode gerar uma vontade de comer passado pouco tempo por não se sentir verdadeiramente satisfeito(a). Assim sendo, o ideal é escolher lanches ou snacks do seu agrado e, claro, fazer as devidas adaptações.

Comer da embalagem

Um erro muito comum e que vai ao encontro do que foi já foi dito. Se há uma coisa que não deve fazer é levar as embalagens consigo. Além de ser muito mais difícil controlar as quantidades do que come, também vai acabar por ter um consumo calórico elevado. 

Não comer

De todos os erros apresentados este é, sem dúvida, o pior. Não comer não é vantajoso para ninguém. A restrição calórica ao longo do dia vai fazer com que sinta mais fome ao jantar e vai acabar por comer “tudo o que aparece à frente”. Como tal, se já sabe que isto acontece consigo, opte por mudar a estratégia e comer mais ao longo do dia. Preparar o lanche antes de sair de casa não tem de ser uma missão impossível.

 

Na correria do dia a dia, é importante cuidarmos de nós. Tenha sempre consigo lanches práticos, saciantes e saudáveis.